Adaptação de lentes de contato

A Adaptação de Lentes de Contato é um Ato Médico

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou resolução em que afirma serem atos exclusivos médicos a indicação, adaptação e acompanhamento de lentes de contato.

De acordo com a entidade, a medida foi tomada devido ao frequente relato de complicações do uso inadequado das lentes de contato e do seu comércio sem a devida avaliação oftalmológica. “A nova norma tem como objetivo maior preservar a saúde ocular da população e cria diretrizes para o procedimento médico de adaptação de lentes“, defendeu o coordenador da Câmara Técnica de Oftalmologia e corregedor do CFM, José Fernando Maia Vinagre, que acompanhou o processo de elaboração do documento.

Segundo a Resolução CFM 1.965/11, publicada no Diário Oficial da União em 2 de março, o ato médico quanto às lentes de contato deve obedecer a seguinte sequência: consulta médica; exames complementares; avaliação clínica da escolha das lentes; processos de adaptação e controle médico periódico.

Para o CFM, cabe ao médico determinar as características das lentes – material, modelo, desenho e demais parâmetros técnicos – a serem utilizadas em cada caso.

Fontewww.portal.cfm.org.br

 

As Lentes de Contato podem ser de vários tipos de acordo com o material e finalidade do uso.

Lentes de Contato Hidrofílicas ou Gelatinosas

oftalmologia, adaptação de lentes de contato, lente de contato, lente de contato gelatinosa, lente de contato rígida, lente de contato rigida, fluorcarbonada, Sopper, bicurva, lentes especiais, adaptação de lentes de contato, adaptação, adaptacao de lente de contato, adaptacao de lentes de contato

As lentes de contato gelatinosas são flexíveis, têm a propriedade de reter grande volume de água.

As lentes gelatinosas quase não são percebidas no olho, são de rápida ou imediata adaptação e são mais confortáveis que as rígidas.

As lentes gelatinosas permitem a passagem de menor quantidadede oxigênio à córnea em relação às lentes gás-permeáveis.

São adequadas à prática de esportes, pois raramente se deslocam.

As lentes gelatinosas são adequadas para a correção da miopia, hipermetropia e presbiopia, no entanto por serem moles e acompanhar a curvatura da córnea, não corrigem o astigmatismo .Nos casos de astigmatismo são usadas lentes gelatinosas especiais ou tóricas.

As lentes gelatinosas podem ser:

-  Convencionais ou Fabricadas sob medida: Feitas de acordo com a anatomia da córnea e tipo de uso que o paciente fará. A durabilidade é determinada pelo fabricante: Em média de 12 a 18 meses.

- De troca ou substituição programada: Geralmente  são usadas as lentes descartáveis : Onde o período de troca das lentes (1 dia, 1 mês,etc) é determinado pelo oftalmologista e pelo fabricante em função de alguns fatores como: Número de horas de uso diário, qualidade da lágrima, uso durante o sono, ambiente de uso, etc. 

 

 Lentes de Contato Estéticas ou Cosméticas

As lentes e a estética 

Na adaptação das lentes de contato cosméticas também é obrigatório o exame oftalmológico.
Há alguns anos, o uso das lentes coloridas passou a fazer parte de certos rituais de moda. Este emprego estético, ligado à displicência juvenil, ajudou a difundir a ideia equivocada de que sua adaptação não demandava cuidados, tal qual uma lente de contato de verdade.

A comercialização inadequada das lentes cosméticas (inclusive pela Internet), sem as devidas orientações sobre limpeza, conservação e tempo de uso do produto, e a disseminação das lentes cosméticas como os principais fatores, que geram as queixas em relação ao uso das lentes de contato.

Nos Estados Unidos, o Food and Drug Administration (FDA) chegou a emitir um comunicado, alertando os consumidores sobre os riscos do uso das lentes de contato cosméticas sem acompanhamento especializado.

 

Lentes de Contato Rígidas Gás Permeáveis

rgp1

 

As lentes rígidas são sempre fabricadas sob medida, respeitando a anatomia da córnea  e as necessidades de cada paciente.

Pode-se  selecionar o material mais adequado para cada caso, a curva base, o diâmetro, o desenho, grau,etc. Essa personalização, determinada pelo médico, garante uma visão excepcional e a manutenção da saúde ocular.

As lentes rígidas corrigem todos os erros de refração: Miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.

Nos casos de reabilitação visual são utilizadas Lentes  Rígidas Gás Permeáveis Especiais:

  • Ceratocone (dos iniciais aos mais avançados ).
  • Ceratoglobo.
  • Degeneração Marginal Pelúcida (DMP).
  • Lente de Contato Pós-Implante de Anel.
  • Pós-transplante de Córnea.
  • Pós-trauma.
  • Alta miopia.
  • Afacia (ausência de cristalino).
  • Astigmatismos elevados ou irregulares.
  • Presbiopia (vista cansada)

 

O oxigênio passa através das lentes rígidas gás permeáveis chegando diretamente à córnea e não só através das lágrimas que fluem sob elas. Dessa forma a adaptação às lentes rígidas fica mais fácil, a córnea raramente fica inchada e a visão permanece nítida.

São duráveis, de limpeza e manuseio fáceis e possibilitam visão bastante nítida, na maioria das vezes superior a visão das lentes gelatinosas. Por outro lado, exigem período de adaptação mais prolongado (de 2 a 3 semanas) .

As lentes rígidas ou lentes duras podem ser de uso diário ou de uso prolongado de acordo com o material utilizado na fabricação e necessidade individual de cada paciente.

Os comentários estão fechados.